Astigmatismo – causas, sintomas e tratamento

Já ouviu falar em astigmatismo? Apesar do nome difícil, não é uma doença. A exemplo da miopia e da hipermetropia, é um erro refrativo que ocasiona visão embaçada ou distorcida. Esse problema ocular é comum e afeta cerca de 60% dos brasileiros – um número maior do que a média mundial. A boa notícia é que existe correção. Continue acompanhando esse texto e descubra mais sobre o assunto.

Descubra a Lente Ideal

O que é astigmatismo? Quais suas causas?

Como já mencionamos, o astigmatismo é um erro de refração que tem como principal sintoma uma visão embaçada ou duplicada, independente da distância do observador em relação ao objeto. Isso acontece devido ao formato irregular da córnea ou do cristalino que impede a imagem de focar em um único ponto da retina. 

Para explicar melhor, vamos usar a comparação feita pela American Academy of Ophthalmology: pense no olho normal como uma bola de basquete. Olhos astigmatas são mais próximos de uma bola de futebol americano irregular. O feixe luminoso se espalha e faz com que as imagens sejam entendidas como borrões.

O astigmatismo está constantemente associado com outras condições como a miopia (dificuldade de ver de longe) e a hipermetropia (dificuldade de ver de perto). A genética é uma das causas apontadas, entretanto alguns fatores podem induzir ao problema como alterações na curvatura da córnea, traumas oculares e até coçar os olhos excessivamente.  A pessoa pode nascer com a alteração ou adquiri-la ao longo da vida.

Tipos de Astigmatismo

Esse erro refrativo pode ser classificado como regular ou irregular. No primeiro caso, a córnea, que deveria ter um formato esférico, possui forma oval. Na irregular, a  curvatura da córnea é muito desigual.

Além disso, como já foi falado, o astigmatismo pode estar relacionado a outro erro refrativo. Dessa forma, são três tipos mais frequentes:

  • Astigmatismo miópico – quando astigmatismo e miopia acontecem em simultâneo. É muito frequente e também é comum em crianças. 
  • Astigmatismo hipermetrópico – astigmatismo e hipermetropia juntos. Em crianças pode ocasionar perda de visão se não for corrigido antecipadamente.
  • Astigmatismo misto – quando o olho possui vários pontos de focagem, um antes e outro atrás da superfície da retina.

Sintomas

Como já comentamos, um dos principais indícios é a dificuldade para focar os objetos, não importa a distância que estão. A visão de quem tem astigmatismo é distorcida, como quem enxerga através de um pedaço de vidro ondulado. Outros sintomas incluem:

  • visão borrada, dupla  ou áreas de visão distorcida;
  • fadiga ocular;
  • dores de cabeça;
  • dificuldade na hora de ler;
  • sensibilidade à luz;
  • piora na visão noturna;
  • problemas para focar objetos;
  • confusão entre letras como H para N ou C para O.

Astigmatismo em crianças

Tão importante quanto tratar o astigmatismo infantil é descobrir o diagnóstico. A maioria das crianças não sabe distinguir a diferença porque sempre enxergou daquela forma. Por essa razão, a descoberta e o tratamento devem acontecer o mais cedo possível. É importante que a primeira consulta ao oftalmopediatra ocorra ainda durante idade pré-escolar. O astigmatismo, quando não corrigido, pode provocar ambliopia e  até perda de visão irreversível.

Tratamento

Assim como a miopia e a hipermetropia, o astigmatismo pode ser corrigido. Óculos, lentes de contato e algumas cirurgias oculares como LASIK são os tratamentos mais indicados.

As lentes corretivas compensam as curvas irregulares do cristalino ou da córnea, direcionando a concentração da luz na retina corretamente. Já a cirurgia LASIK, por exemplo, usa lasers de alta precisão para remodelar a córnea, tornando-a mais simétrica.  

Lentes para astigmatismo

Na maioria dos casos, o astigmatismo pode ser corrigido com eficiência com lentes tóricas. Essas lentes têm uma concepção e uma forma especiais para compensar a curva irregular da córnea que causa essa condição. A Hoya desenvolveu as lentes Miolight/ Hiperlight para atender os usuários com astigmatismo. A linha oferece duas opções com surfaçagem freeform, uma tecnologia que permite personalizar as lentes e garantir mais conforto e clareza. 

As lentes progressivas da Hoya também possuem características projetadas especialmente para presbitas com astigmatismo, com transição suave na mudança de foco e nitidez em todos os momentos. Clique aqui e conheça um pouco mais sobre os multifocais Hoya.

ENCONTRE UMA ÓTICA PERTO DE VOCÊ

Leave a Reply