Considera-se um bebê prematuro aquele que nasce com menos de 37 semanas de gestação. Essa condição faz com que alguns órgãos não sejam formados por completo, o que também pode afetar os olhinhos do bebê.

Nervos e vasos sanguíneos presentes nos olhos com má formação podem levar ao quadro conhecido como Retinopatia da Prematuridade, que pode evoluir de diferentes formas. Em alguns casos, os vasos são corrigidos naturalmente em cerca de um ano. Em outros, os vasos não são corrigidos da maneira adequada e geram cicatrizes na retina, o que leva à necessidade do uso de óculos.

Em casos raros, as cicatrizes são mais graves e exigem uma intervenção cirúrgica. Esse quadro pode levar ao deslocamento da retina e à cegueira parcial ou total.

O teste do olhinho e o acompanhamento do oftalmologista são ainda mais necessários no caso de prematuros. Consulte sempre o pediatra e cuide da saúde do seu bebê.