Segundo pesquisadores da Universidade de Sheffield, sim! Já existe um senso comum de que ao perder um dos sentidos, os outros ficam mais aguçados. Porém, com essa pesquisa, os cientistas foram mais além. Notaram que os neurônios presentes na retina de um deficiente auditivo, além de serem maiores em número, são distribuídos de uma forma diferente, proporcionando uma melhor visão periférica.

Interessante, não é?